DORMIR EM UM PALÁCIO DO SÉCULO XIX? – OLISSIPPO LAPA PALACE

DORMIR EM UM PALÁCIO DO SÉCULO XIX? – OLISSIPPO LAPA PALACE

Você já imaginou ficar hospedado em um Palácio do século XIX? Um verdadeiro e legítimo palácio daqueles áureos tempos? Isso nunca tinha passado pela minha cabeça, até conhecermos o Olissipo Lapa Palace, em Lisboa – Portugal.

Já passamos algumas noites em alguns casarões antigos, mas em um palácio, foi a primeira vez.

A HISTÓRIA DO PALÁCIO/HOTEL

Em 1870, um bem-sucedido Visconde construiu para um dos seus filhos uma linda casa no bairro da Lapa. Muito desapontado porque o seu filho não apreciou a casa, vendeu-a ao Conde de Valenças que, em 1877, decidiu transformá-la num Palácio.

Muitas das figuras pintadas nas paredes eram aristocratas da época, como o Conde de Arnoso, Visconde de Sacavém e até o filho mais velho do Conde. A Sala Luís XV era o antigo boudoir das senhoras, (um boudoir é a sala privada de uma mulher),onde elas conviviam recatadamente, segundo os costumes da época. 

No primeiro piso do Palácio, hoje o piso nobre do hotel Lapa Palace, é onde se encontra a Suíte Conde de Valenças.

A torre – agora parte do quarto da torre – era o quarto de vestir do Conde. O Palácio era na sua época muito famoso pelo brilho dos eventos sociais que o Conde organizava, reunindo toda a alta sociedade de Lisboa daquela época.(o quarto da torre não podemos conhecer porque tinha hóspedes, mas vi algumas fotos e é muito incrível).

Até 1988 continuou como casa de família e depois disso os herdeiros do Conde venderam o Palácio à família Simões de Almeida, que o transformou num hotel, então chamado de Hotel da Lapa.

Durante o processo de renovação do Palácio, os artistas trabalharam com toda a dedicação para manterem os traços originais, preservando as características específicas da sociedade portuguesa do século XIX. 

Os vitrais das Salas Columbano e Eça de Queirós são peças originais do Palácio, e os móveis da sala Eça de Queirós também, incluindo uma alcatifa com 170 anos. (Alcatifa é um tapete grande, geralmente com desenhos e cores variadas, usado para cobrir pisos ou ser colocado nas janelas em dias festivos).

GASTRONOMIA

Não deixe de jantar no restaurante do hotel. Ele é lindíssimo e a comida sensacional. Inclusive está no guia Michelin como sugestão em Lisboa.

São 2 restaurantes, 2 bares e mais uma enorme sala para servir o café da manhã. No pequeno almoço (que é como eles chamam o café da manhã) omelete e outras delícias são preparados na hora, além de um buffet super completo, com vários pastéis de nata maravilhosos e um belo espumante para começar o dia brindando a vida.

O restaurante Lapa, o principal do hotel, é assinado pelo Chef Helder Santos e é uma verdadeira tentação. Só de lembrar dos pratos chega a dar água na boca. (espero muito que um dia possa voltar lá). Recomendo o risoto de camarão com trufas negras.

LAZER

Chegamos no Olissipo Lapa Palace em pleno inverno, então não conseguimos muito aproveitar as áreas externas. Durante o inverno a enorme piscina que tem no jardim centenário, fica desativada e de maio a setembro ela fica transbordando e é aquecida à 25ºC. Além disso tem piscina interna a uma temperatura de 28ºC o ano todo, um spa maravilhoso, sauna, banho turco, entre outras coisas.

Na verdade, o Lapa Palace é um enorme museu. São tantas peças originais da época, que você se sente dentro daquelas histórias de reis e rainhas.

O Bar Rio Tejo também é uma ótima pedida para os momentos de lazer. É um dos locais mais agradáveis de Lisboa, ideal para tomar um drink. Tem um terraço com vista para o rio Tejo magnifico. 

Na parte da tarde, durante o inverno, o Bar Rio Tejo,tem um Menu Especial de Chás com 30 dos melhores chás do mundo, quem vem de países como a Índia, China, Vietnã e Japão. E em alguns dias o pianista da show ao vivo. 

FIZERAM A DIFERENÇA

Vocês sabem que gosto de falar sobre as pessoas que deixaram nossa estadia ainda mais emocionante, mas dessa vez cometi uma enorme gafe e não anotei o nome de todas as pessoas que nos receberam. Ao longo dessa viagem foram tantas surpresas que é impossível nomear cada uma delas.

Durante um tour pelo hotel, Diniz (um dos tantos que faz um trabalho impecável por lá), nos mostrou e contou um pouco da história do lugar. Tivemos uma verdadeira aula da história.

Afrescos, vitrais, mobílias, azulejos e muito mais foram recuperados e continuam com sua exuberância pelos ambientes desse majestoso hotel.

O QUARTO

Não poderia deixar de ter um tópico especial para o lugar que ficamos. 

Em um dos quartos mais incríveis do hotel, nós tivemos nosso momento de descanso. Foram experiências memoráveis. Lembro de cada detalhe, como a arrumação que acontecia mais de uma vez ao dia. Travesseiros afofados, chás especiais. 

O quarto era gigantesco. Com sala de banho, sala de chás, closet, entre outras coisas. Realmente me senti como se fizesse parte da realeza da época. O conforto, o aconchego e bem estar são características intrínsecas do Lapa Palace. 

O Hotel possui hoje três alas distintas, a ala do Palácio, a ala do Jardim e a Villa Lapa com um total de 109 quartos. Os quartos e suítes da nova ala foram decorados com tecidos e móveis portugueses e todos eles com uma decoração individual e distinta.

Todos os antigos 21 quartos e a suíte do Conde de Valenças no Palácio foram redecorados em 2003 com móveis elaborados no Norte de Portugal em Paços de Ferreira, onde excelentes carpinteiros recriaram os móveis originais de estilo D. João V, D. Maria I e D. José. Todos os quartos e a suíte têm estilos diferentes, art Deco, colonial, Algarve e neoclássico.

A suíte Conde de Valenças e os cinco quartos localizados no piso nobre foram redecorados com todo o esmero, com lâmpadas, espelhos e móveis recuperados da época original do Palácio. As pétalas com folha de ouro nas paredes da Suite Conde de Valenças (originalmente parte do salão de baile) foram restauradas, em conjunto com os dois enormes espelhos da sala de estar. (Nós ficamos nesse magnífico andar).

Todos os quartos do Palácio têm como elementos decorativos peças de porcelana da Vista Alegre, empresa de cerâmica portuguesa fundada em 1824.

LOCALIZAÇÃO

O Luxuoso palácio, foi construído no topo de uma das 7 colinas de Lisboa, com vista para o rio Tejo e hoje em dia é rodeado por inúmeras embaixadas e consulados. O Hotel está inserido num majestoso e centenário jardim subtropical e fica há uns 10 minutos do centro de Lisboa e há 20 minutos do aeroporto (de carro).

Deixamos o carro na garagem do hotel (as ruas são estreitas e com poucos lugares para estacionar no centro) e saíamos de Uber. Saímos em diversos horários e nunca pagamos mais do que 5€ para fazer esse trajeto.

O Hotel fica na Lapa, bairro mais nobre, sofisticado e mais seguro de Lisboa e claro que isso é mais um ponto super positivo, não é?

Até conhecer o Olissippo Lapa Palace, eu nunca tinha imaginado sentar em uma cadeira original do século passado, quanto mais deitar na cama que já foi de um conde, mas lá tudo é possível! 

Parecia que estávamos hospedados em um museu, só que além de observar, podíamos tocar nos móveis, nos azulejos e passar noites em um verdadeiro palácio.

CURIOSIDADE: O Hotel Olissippo Lapa Palace faz parte da seleção de hotéis de Luxo “The Leading Hotels Of The World“, um privilégio só alcançado em todo o mundo por 375 hotéis espalhados por 75 países. Sensacional, não é mesmo?

E você? O que acha de ficar hospedado em um verdadeiro e legítimo palácio do século XIX? 

Conte-nos o que achou desse lugar fantástico!


Gostou das informações? Quando for viajar, planeje sua viagem por aqui! Você garante os melhores preços do mercado e descontos, e ainda me ajuda a manter o Blog Conhecendo o Mundo.

Este post é resultado de uma parceria comercial entre Olissippo Hotéis e o blog Conhecendo o Mundo. Ressaltamos que praticamos parcerias comerciais apenas com empresas das quais os serviços já vivenciamos e aprovamos. Tão somente, publicamos informações que acreditamos serem relevantes para vocês. Entenda à política de monetização do blog Conhecendo o Mundo.

Leave a Reply