ROTEIRO: VALE DO DOURO – 5 DICAS PARA UM DIA PERFEITO NO DOURO

ROTEIRO: VALE DO DOURO – 5 DICAS PARA UM DIA PERFEITO NO DOURO

É tanta beleza que é praticamente impossível descrever aquelas paisagens. Fiquei encantada de tal forma que só de lembrar dos passeios que fizemos, chego a suspirar de emoção e alegria. Tantas histórias pelas curvas daquele rio e por aquelas vinhas que uma visita ao Vale do Douro é obrigatório.

O Vale do Douro é considerado pela UNESCO patrimônio da humanidade desde 2001. Foi a primeira região no mundo a ser demarcada e ter a origem dos vinhos controlada, em 1756 pelo Marquês de Pombal.

As águas do rio Douro, parecem um espelho e refletem a maravilhosa paisagem do lugar. É um lugar que você tem que ir ao menos uma vez na vida.


1 – Quinta do Bomfim

Para começar nosso dia perfeito e em grande estilo, vamos direto à Quinta do Bomfim. Não vejo forma melhor de aprender um pouco mais sobre as histórias do Douro e do vinho do Porto do que lá. O passeio guiado é bem completo e super interessante, com várias curiosidades, passando pelo processo de produção e o momento mais esperado, a degustação. (com uma vista linda para o Rio Douro).

Faça a visita que inclui a degustação do belíssimo Vinho do Porto Dow’s 1985 uma jóia da Família Symington.

Saiba mais sobre a visita na Quinta do Bomfim, aqui.

17€ por pessoa, se for fazer picnic é 25€

2 – Estação Ferroviária de Pinhão

Uma passada na Estação de Trem de Pinhão, que fica bem pertinho da Quinta do Bomfim, para apreciar os famosos azulejos portugueses e originais daquela época.

3 – Barco Rabelo

Antes de almoçar faça um passeio de Barco Rabelo, que sai ali pertinho da estação de trem de Pinhão. Fizemos o passeio com duração de 2h, mas acho que 1h seria o suficiente.

20€ por pessoa, para duas horas de navegação. Como fomos no inverno, não fizemos reserva, mas se for em uma época mais movimentada é interessante reservar antes.

O barco Rabelo, é o barco típico da época que eles levavam os barris de vinho do Porto para Vila Nova de Gaia.

Fizemos o passeio com a empresa: Companhia Turística do Douro, Lda.

4 – Quinta do Crasto

Depois de vários passeios um belo almoço harmonizado te espera na Quinta do Crasto. Fizemos reserva para mais tarde, às 15:00 e comemos um delicioso bacalhau com natas e camarão.

A vista dessa Quinta é de perder o fôlego! Pegue sua taça e faça um passeio nos arredores, é muito lindo mesmo. A piscina é maravilhosa e quero poder voltar no verão.

Almoçamos na antiga casa de xisto, um lugar com mais de 400 anos de história e depois de muita comida e vinho a vontade, fizemos um tour guiado pela Quinta.

Saiba mais sobre a visita na Quinta do Crasto, aqui.

5 – Quinta da Pacheca

O dia está bem cheio e preenchido com muitos programas legais, mas vamos para mais um.

Chegando na Quinta da Pacheca, faça o tour guiado por esse incrível lugar. Chegamos já no pôr do sol e os vinhedos ficavam ainda mais belos.

Para jantar, peça uma entrada de foie gras e para o prato principal, o arroz de pato. É simplesmente delicioso. O restaurante é bem bonito e o serviço mais do que excelente.

Depois desse dia intenso, um bom descanso é fundamental. E para encerrar nosso dia perfeito no Vale do Douro, vamos dormir em nada mais, nada menos do que em um Barril de vinhos.

Isso mesmo, um barril de vinho incrível, no meio dos vinhedos!

Saiba mais sobre a visita na Quinta da Pacheca, aqui.

Tem dia mais perfeito do que esse? Quando você for para o Vale do Douro me conta! Vou amar rever o Douro por outros olhos.


Gostou das informações? Quando for viajar planeje sua viagem por aqui! Você garante os melhores preços do mercado e descontos, e ainda ajuda o Blog Conhecendo o Mundo.

Leave a Reply