QUINTA DO BOMFIM – VALE DO DOURO

QUINTA DO BOMFIM – VALE DO DOURO

A Quinta do Bomfim fica centralizada no alto do Douro, a poucos minutos de caminhada da lindíssima estação de trem de Pinhão. Uma visita à essa Quinta é imprescindível para conhecer um dos mais famosos e importantes vinhos do porto, o Dow’s.

Entendendo uma Quinta

Resumidamente uma Quinta é um lugar rural, mas falando em vinhos é uma propriedade vinícola, com o plantio das uvas e vinificação dos vinhos. Essa Quinta pode produzir vinhos para diferentes empresas.

A Quinta do Bomfim produz outros vinhos importantes para a família Symington, na qual é a única família com a maior quantidade de vinhas no Douro Vinhateiro e no país, tendo mais de 27 Quintas.

A Cockburn’s também é propriedade da mesma família. Acesso o link para saber como foi nossa visita as caves com a maior quantidade de Vinho do Porto envelhecendo.

Produção do Bomfim

33% do que é produzido nas vinhas do Bomfim são usados para o Vinho do Porto Premium, o “restante” vai para outros Portos, vinhos DOC, entre outros. Cada videira fornece 1kg de uvas, o clima desse lado do Rio Douro é predominantemente de sol e faz com que seja perfeito para a produção de Vinho do Porto.

As uvas são colhidas manualmente em cestos de 18kg, normalmente entre a 2ª e 3ª semana de setembro, salvo alguma estação que foi muito atípica e eles vão controlando de outras formas. (como foi o caso de 2016, que os responsáveis praticamente dormiram no meio das vinhas, para escolher o momento ideal da vindima e com isso conseguiram um Porto Vintage, sendo que vários produtores que colheram as uvas antes, não obtiveram tanto sucesso).

Para alguns vinhos à pisa das uvas é mecânica e para outros é feito de formar artesanal mesmo. A mecânica, é feita com pés de silicone, que imitam a textura de um pé humano. O peso colocado para a prensar é o equivalente a um homem de 75kg.

Experiência na Quinta do Bomfim

Aquele dia chuvoso, que resolveu dar uma trégua quando chegamos ao lugar. Fiquei imaginando aquele local, com um lindo sol brilhando, temperaturas mais quentes, Vinho do Porto e um belo picnic. (definitivamente precisamos voltar na época da vindima)

Acho muito especial visitar lugares que cuidam de sua história, e durante a visitação podemos observar várias coisas interessantes, como por exemplo as “plaquinhas” com as safras mais emblemáticas.

A propriedade fica às margens do belíssimo Rio Douro e do trilho de trem, e apreciar um Dow’s Porto Vintage de 1985, admirando essa paisagem é algo quase que surreal.

Esse excelente exemplar Dow’s 1985 Vintage Port, tem mais de 30 anos de envelhecimento em garrafa. Ahh, você sabia que depois de abrir um Vinho do Porto Vintage ele deve ser consumido em até 24h? Como ele ficou muito tempo “preso” dentro da garrafa, quando ele entra em contato com oxigênio, oxida muito rápido e perde toda a sua majestade.

Mas acredito que um vinho como esse vintage não iria durar mais que 24h, não é mesmo?


Para visitar à Quinta do Bomfim é preciso agendar sua visita. Vou deixar o site deles logo aqui embaixo.


Este post é resultado de uma parceria comercial com o blog Conhecendo o Mundo. Ressaltamos que praticamos parcerias comerciais apenas com empresas das quais os serviços já vivenciamos e aprovamos. Tão somente, publicamos informações que acreditamos serem relevantes para vocês. Entenda à política de monetização do blog Conhecendo o Mundo.

Leave a Reply